Gravatar

Marcelo Mita

Formado em engenharia de computação na POLI-USP e grande entusiasta da educação. Dá aulas voluntárias de Matemática, Física e Química em projeto social. Tem como passatempo preferido montar cubos mágicos de todas formas e tamanhos.

Leia os últimos artigos publicados por Marcelo Mita.



Visão geral sobre o novo Amazon Elastic File System (EFS)
Gravatar publicou em

Eventos

​A Amazon Web Services (AWS) anunciou em abril deste ano, durante o AWS Summit San Francisco, seu novo serviço de armazenamento de dados, o Amazon Elastic File System (EFS). O produto, que ainda está em preview, será lançado ainda esse mês e estará disponível inicialmente nas regiões US-West (Oregon), US-East (N. Virginia) e EU (Ireland).

Portifólio de armazenamento de dados AWS

A AWS já possuia os sistemas de armazenamento de dados Amazon Simple Storage Service (S3), Amazon Elastic Block System e Amazon Glacier. Vamos fazer aqui uma breve comparação entre esses serviços e o recém chegado EFS.

Comparação entre os serviços de armazenamento de dados AWS
Serviço Tipo de armazen. Acesso/Latência Custo Freq. de acesso
Amazon S3 Objetos API's REST $0,030 por GB-mês Alta
Amazon EBS Blocos Instância EC2/Latência muito baixa $0.100 por GB-mês Alta
Amazon Glacier Arquivamento API's REST/Alta latência $0.010 por GB-mês Baixa
Amazon EFS Sistema de arquivos Várias instâncias EC2/Baixa latência $0,300 por GB-mês Alta

Cada sistema de armazenamento de dados tem suas características mais marcantes. O Amazon EFS vem como o primeiro dos sistemas de armazenamento da AWS que trabalha com o conceito de sistema de arquivos compartilhado. Vamos agora mostrar as principais características desse novo serviço da Amazon.

Características do Amazon EFS

As principais características do EFS são que o sistema de arquivos criado é escalável, elástico e pode ser compartilhado por milhares de instâncias EC2. O compartilhamento dos dados dentro do EFS é feito simplesmente montando o sistema de arquivos em várias instâncias dentro de uma mesma região da Amazon, mas independente da zona de disponibilidade da região. Dessa maneira garante-se alta disponibilidade e durabilidade dos dados.

O EFS é altamente escalável e elástico, podendo variar seu tamanho entre GB e PB. A elasticidade do EFS é automática, não sendo necessário requerer mais ou menos espaço durante sua utilização. Dessa forma, não é preciso alocar preveamente um espaço mínimo ao montar o sistema de arquivo em suas instâncias.

Outra característica deste serviço é sua alta performance. Baseado em SSD, o EFS é desenhado para ter alta taxa de transferência, velocidade nas operações de entrada e saída e baixa latência nas transferências. Essas características são auto-escaláveis conforme o aumento do tamanho de seu sistema de arquivos.

Segurança do EFS

O EFS provê um rígido controle de acesso aos dados armazenados. A segurança no sistema de arquivos é feita em três camadas:

  1. Rede: Somente instâncias EC2 em uma mesma Amazon VPCpodem montar o sistema de arquivos.
  2. Security groups: É possível determinar qual security group terá acesso ao sistema de arquivos.
  3. Nível de usuário: As permissões de leitura, escrita eexecução dos dados presentes em sistemas de arquivo, também são aplicadas no EFS.

Como funciona?

Para acessar os arquivos do sistema de arquivos em uma instância EC2 é necessário montar o sistema. Para isso deve-se criar mount targets em cada uma das zonas de disponibilidades de uma região. Mount targets são pontos de acesso ao sistema de arquivos e possuem um endereço IP e um nome DNS. Ao criar o EFS na AWS o usuário recebe os nomes DNS das zonas de disponibilidade e esses são usados ao montar o sistema de arquivos nas instâncias EC2. Na figura 1 pode-se entender como funciona o EFS.

O EFS ainda está em preview, assim que tivermos acesso ao preview faremos uma demonstração da ferramenta.











Leia mais sobre: