Gravatar

Leonardo Berbare de Araujo

Estudante de Engenharia de Computação na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Gasta muito tempo com séries, livros e jogos, mas não deixa de lado a programação.

Leia os últimos artigos publicados por Leonardo Berbare de Araujo.



Aprendizado não-supervisionado indica quais senadores votam afim
Gravatar publicou em

Ciência de Dados Programação

Neste artigo, detalho como escrever um programa capaz de agrupar os senadores de acordo com seus votos. Desde como encontrar as informações, passando por trechos de código, recorrendo à matemática e chegando enfim às "panelinhas" do Senado.

Introdução

O cenário legislativo brasileiro é complexo e, por vezes, mutante. Ter uma ideia de como nossos representantes se comportam costuma ser um desafio até mesmo aos mais informados no assunto. Ao cidadão comum, a informação nem sempre chega, chega de forma indigerível, ou já mastigada (demais).

Por sorte, a legislação prevê transparência nas esferas públicas e, através de portais para Dados Abertos como o do Senado Federal, podem ser obtidas informações valiosas sobre o exercício parlamentar. O acesso à informação, porém, é mais um direito que vem sendo penosamente estendido no Brasil – não fique muito animado.

Decidi realizar essa atividade paralelamente ao estágio na Infosimples para extrair conclusões imparciais e significativas das votações. Valeu o esforço, pois serviu para colocar sob teste alguns dos conceitos vistos no curso de Introdução à Inteligência Artificial do Udacity (e também serviu para atrair leitores curiosos como você! Deixe seu comentário depois).

Continue a ler...











Leia mais sobre: